Projeto Odontologia como Prática Social e de Saúde do Idoso realizou mais de 170 atendimentos no 1º semestre
Projeto "Odontologia como Prática Social e de Saúde do Idoso" realizou mais de 170 atendimentos no 1º semestre
Quinta-Feira - 26 de julho de 2018

No primeiro semestre deste ano, o projeto de extensão "Odontologia como Prática Social e de Saúde do Idoso", realizado pelos alunos do primeiro período do curso de Odontologia sob a responsabilidade das professoras Sofia Takeda Uemura, Giovana Renata Gouvêa, Telma Maria Bulgarelli Garcia Muller e Gabriela Sanchez Nagata, realizou mais de 170 atendimentos em idosos de Araras.

O projeto constitui atividade prática da disciplina de Ciências em Saúde, que estuda como os agravos sociais, econômicos e de saúde influenciam a saúde bucal. Tem como objetivo compreender a realidade de idosos que frequentam instituições de curta permanência e que residem em instituições de longa permanência; vivenciar a Odontologia como prática social e debater a sua importância e complexidade como profissional de saúde na comunidade; e reconhecer a educação para saúde como essencial à prática do Cirurgião Dentista e no processo de transformação dos indivíduos e da sociedade.

As atividades foram desenvolvidas nas dependências do Centro Dia do Idoso "Orlando Denardi" e do Asilo Nossa Senhora do Patrocínio no município de Araras-SP. Após avaliação inicial, os alunos desenvolveram atividades educativo-preventivas e cultural-lazer com a finalidade de orientar e melhorar as condições de saúde bucal e qualidade de vida dos frequentadores destas instituições sociais.

Abaixo o depoimento de uma aluna que participou do Projeto:

"Envelhecer é uma verdade irrevogável que muitos não estão dispostos a encarar, tentam pensar como algo distante. O corpo já não será o mesmo da juventude, onde existia a marcha frenética do dia a dia na tentativa de resolver todos os problemas, dar-se-á espaço aos passos lentos e sem demora. A comida preferida, feita da mesma forma e ingredientes, perderam o gosto e o cheiro. As músicas que embalaram tantos momentos se tornaram cada vez mais silenciosas e as conversas difíceis de entender.

Todos esses adendos foram presenciados durante o "trabalho" realizado por nós acadêmicos de Odontologia do primeiro semestre, ouvimos tantas histórias, várias felizes, que começavam sempre "No tempo que eu era jovem..." e algumas tristes, em que compartilhei da sua dor e nossos olhos se debulharam em lágrimas. Foi uma experiência arrebatadora e genuína.

Levarei comigo dessa enriquecedora experiência a voz afável do Senhor Manoel, cantando a música "Estrada da Vida", os lindos olhos verdes da Dona Maria, a feição e sorriso da Dona Manoela quando declarou o seu amor pelo time de futebol. A palavra que expressa o meu sentimento é "gratidão", obrigada professoras por oportunizar esses momentos, levarei lições por toda minha jornada.

Envelhecer é um privilégio, uma arte, um presente. Somar cabelos brancos, arrancar folhas no calendário e fazer aniversário deveria ser sempre um motivo de alegria. De alegria pela vida... e Senhor Manoel, que tal modificarmos o refrão da música Estrada da Vida?

Mas o tempo ampliou minha estrada

E a alegria me dominou

Minhas vistas se alvoreceram

E a corrida continuou...

Acompanhe nas Redes Sociais

Com quem você deseja falar?

Fundação Hermínio Ometto

Av. Dr. Maximiliano Baruto, 500

Jd. Universitário | Araras - SP

CEP: 13607-339

(19) 3543-1400

Clima em Araras

Terça-feira
32°C
19°C
Chuva: 80% (5 mm)

Como Chegar