Blog Biomedicina

Home » informações » Biomedicina tem 33 áreas de atuação

Biomedicina tem 33 áreas de atuação

Análise clínica concentra 90% dos profissionais formados.

Áreas mais promissoras, segundo professor, são as de análises ambientais e de imagens.

A biomedicina é uma carreira ampla e com mercado de trabalho diversificado: possui 33 áreas de atuação autorizadas pelo Conselho Federal de Biomedicina (CFBM), sendo que as duas principais são docência/pesquisa e os laboratórios de análises clínicas -que concentram cerca de 90% dos profissionais formados.

Outras áreas de atuação são: bancos de sangue, onde o biomédico realiza todas as tarefas, com exceção da transfusão; análises ambientais, onde ele faz análises físico-químicas e microbiológicas para o saneamento do meio ambiente; indústrias, para trabalhar com soros, vacinas e reagentes; imagenologia, onde o profissional atua na área de raio-X, ultrassonografia, tomografia, ressonância magnética; DNA, na qual realiza exames laboratoriais envolvendo DNA e assume a responsabilidade técnica dos laudos.

Segundo Silvio José Cecchi, biomédico, professor universitário e presidente do CFBM, a maioria dos profissionais recém-formados geralmente consegue se encaixar com certa facilidade no mercado de trabalho porque há um leque muito grande de áreas de atuação. Ele admite, no entanto, que o mercado está bastante competitivo.

“O biomédico tem várias opções de trabalho, mas o país não cresce. Então o emprego está difícil para todas as profissões. O que nos deixa feliz é que a carreira tem 33 áreas de atuação, o que aumenta as chances de colocação no mercado. À medida em que o mercado de trabalho precisa de um profissional especializado, nós procuramos criar habilitações para a carreira”, afirmou Cecchi.

O professor João Henrique Kanan, coordenador do curso de biomedicina da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRS) concorda que o mercado está em expansão, mas faz uma ponderação: “A maioria esmagadora dos recém-formados em biomedicina quer trabalhar com análises clínicas, mas elas estão ficando saturadas.  Eu diria que as análises ambientais e de imagem são áreas mais carentes de profissionais e, portanto, mais promissoras”, avalia.

Na opinião da professora Neila Arrebola, coordenadora do curso de biomedicina da Universidade Estadual de Londrina (UEL), há espaço no mercado de trabalho, mas o profissional precisa encontrar meios de se destacar. “Como em qualquer outra carreira, o mercado é competitivo. Para que o profissional saia da faculdade com grandes chances de colocação, é preciso que ele seja muito curioso e persista em busca de respostas para cada conceito novo que ele aprender. Tem que ser da natureza dele o perfil de pesquisador”, disse.

Salário e distribuição da carreira no Brasil

Não existe um piso salarial para os profissionais de biomedicina. Segundo Cecchi, os salários dependem muito da região e para qual empresa o profissional trabalha. “Ele também pode ser concursado ou ter o próprio negócio. Por isso é muito difícil dizer quanto ganha um biomédico”, disse. No entanto, os especialistas ouvidos pelo G1 estimam que o salário inicial seja de cerca de R$ 1.500.

De acordo com Cecchi, no Brasil há cerca de 30 mil biomédicos registrados no conselho, sendo que cerca de 20 mil estão concentrados nas regiões Sul e Sudeste. “A área mais carente, como em outras carreiras, é a Região Norte. Lá existem apenas uns mil biomédicos. Também existem poucos cursos naquela região e poucos empregos”, disse.

Na opinião de Cecchi, o segredo para conseguir de dar bem no mercado de trabalho é ter coragem de buscar coisas novas e de ser empreendedor. “Não basta ter conhecimento. É preciso ir além. É preciso ter algo mais para conseguir ter uma carreira de sucesso e, se possível, até abrir o seu próprio negócio”, afirmou.

Fernanda Bassette Do G1, em São Paulo

Postado por: Diego Costa

105 Responses to " Biomedicina tem 33 áreas de atuação "

  1. Pablo says:

    Bom dia, Dra.,

    Estou muito interessado em cursar Biomedicina, porém estou meio recioso pois ja tenho 29 anos e estou com medo de ter um baixo sálario e ser difícil de arrumar emprego.
    Como ja disse ja tenho 29 anos tenho medo de fazer um curso que não me traga um retorno financeiro, pois sou pai de família.
    Será que pelo fato de terminar o curso com 35 anos fica difícil de arrumar em prego na área.
    Ja ia me esquecendo, parabéns pelo Blog!
    ————————————————————————————————————————

    Caro Pablo,

    Grata pelo contato e pelo elogio ao blog.

    Entendi sua situação de pai de família. E também seu temor de não conseguir sustentá-la depois de formado (a idade de formatura não conta nada, viu?) Mas, se você gosta mesmo de Biomedicina e deseja ser biomédico, o fator financeiro não pode ser tão decisivo.

    O Biomédico pode trabalhar em 34 áreas de atuação diferentes (Veja os comentários de nosso Blog sobre o post “Biomedicina tem 33 áreas de atuação diferentes”). A 34ª é a Biomedicina Estética. Em algumas, o salário inicial (recém-formados) é realmente de R$ 1.500,00, pois as empresas levam em conta a chamada falta de experiência no mercado; em outras, é de R$2.200,00 a 2.500,00. E pode ser mais alto, na dependência da área e da empresa empregadora. O salário inicial de R$ 1.500,00 – que até pode ser considerado baixo – é igual, por exemplo, ao salário de um médico residente, que tem também muita responsabilidade. Acho que o problema deixa de ser da profissão e passa para a esfera do mercado de trabalho e vale, então, para qualquer profissão. Dessa forma, se você acompanhar os índices de empregabilidade das várias profissões que só podem ser exercidas após educação superior formal, verá que a empregabilidade é alta, mas os salários iniciais oferecidos pelo mercado não são aqueles que desejaríamos.

    Há áreas na Biomedicina que pagam salários de mais de R$ 10.000,00 (imagem, perfusão, por exemplo) e outras em que você pode ser dono de seu próprio negócio (controle de qualidade de água e alimentos, exames de medicina nuclear, entre outras). Aí dependerá de você ser um bom administrador… Como professora universitária e pesquisadora científica sempre ganhei bem. Tenho casa, carro, aplicações, ações na Bolsa… rsrsrs…

    Bem, fico à disposição para outras eventuais dúvidas. Não se preocupe com sua idade. Tenho amigos que se formaram em profissões diversas após os 35 anos e estão bem colocados.

    Abraço,

    Profª Drª NORMA GERUSA DA SILVA MOTA
    Coordenadora | Biomedicina
    Fone: (19)3543.1443| Ramal: 1443

  2. Querida Cinthia,

    Acabei não vendo sua postagem. I am so sorry…
    Bem, para ser uma pesquesadora científica não existem regras fixas, mas alguns princípios que norteiam minha vida. Por exemplo: adorar o que faz, ser ética e estudiosa, ser curiosa e ler sobre tudo, escolher uma área de atuação (sou imunologista), saber trabalhar em equipes (ninguém mais faz pesquisa sozinho), falar e escrever em Inglês (para publicar seus artigos em periódicos de alto impacto), nunca seguir o relógio de ponto (se precisar, trabalhar aos finais de semana; depois, você desconta).
    Se for possível vir aqui, venha sim. Estarei no exterior de 20/12 a 16/01/12. Será um prazer recebê-la!
    Abraço,
    Norma

  3. Lucelia says:

    Olá Dra Norma, Sou acadêmica do 4º periodo de Biomedicina, apaixonada pelo curso. Simplesmente amei seu blog e sua disponibilidade e simpatia. Esclareci meuitas dúvidas que tinha e não obtive resposta tão clara na minha faculdade. Parabéns por ser este exemplo de profissional!

  4. Boa Noite Dra.Norma
    Sou do interior de São Paulo,tenho 15 anos e gostei muito do blog, estou indo pra o 2ºAno do Ensino Médio e pretendo fazer Biomedicina em uma faculdade pública e atuar em Genética e sei que tenho que me esforçar e estudar muito por ser estudante de escola pública.O blog tirou muito as dúvidas que tinha em relação a Biomedicina e me fez enxergar que é o que realmente quero.
    Abraços,
    Carlos Eduardo

  5. Boa noite Dr, sou de mato grosso e tenho uma paixão enorme com tudo que se relaciona a saúde!! Medicina sempre foi meu sonho, mais como moro no interior do estado e a parte financeira não contribuiu muito; este sonho ficou um pouco distante.Na minha cidade consegui o curso de Enfermagem, estou no 1º ano e me sinto muito á vontade com o curso.Este ano a Ufmt trouxe pra cá o curso de biomedicina, que por si, foi bastante concorrido as vagas.Passei o decorrer do ano pesquisando sobre o mesmo,leio revistas, assisto jornais,páginas da internet, livros …e me interessei muito pela profissão. tenho certeza que o meu perfil se enquadra muito mais pra biomedicina do que pra enfermagem, eu tenho 24 anos, acho que a gente deve seguir o que o coração manda, além do mais, existe todo um processo para conseguir entrar no curso de biomedicina-ufmt, aqui se usa somente o enem;já venho me preparando para isso há alguns meses.Mas preciso de uma orientação da senhora, o que fazer numa situação assim.? Me oriente,por favor.!!!
    Abraços

  6. biomedicina é o que eu almejo says:

    oi Dr.Norma .estou no segundo ano de Biomedicina e estou com medo da profissão já trabalho um pouco na area sou tecnica de enfermagem.e estou com muita dúvidas pois tenho trinta e seis anos e ao formar estarei com trinta e nove não sei a=se terei equilibrio para enfrentar o que vem pela frente.
    ——————————————————————————————————————————-

    Cara Alerrandra,
    Estava fora, por isso demorei a responder. Repito a máxima batida, mas verdadeira: “nunca é tarde!” Tenho um grande amigo biomédico que se formou aos 43 anos e está trabalhando e gostando… O que interessa é a idade que você sente e não a que você tem. Sou uma jovenzinha de 64 anos e pretendo trabalhar muito ainda! Entre em nossa página e em nosso blog e veja as possibilidades que você terá como biomédica. Acesse o post “Biomedicina tem 33 áreas de atuação” e leia os comentários. Há muita informação.
    Escreva-me se tiver dúvidas!
    Abraço,
    Norma

  7. Amanda Oliveira says:

    Boa Tarde, adorei o Blog!

    Gostaria de saber se o biomédico tem a possibilidade de trabalhar com animais, no IBAMA por exemplo..

    Pois sou apaixonada por animais e pela área da biomedicina!
    —————————————————————————————————————————–

    Cara Amanda,

    Também sou apaixonada por animais… Tenho 3 cães e dois gatos lindos de morrer… Mas, não estou certa de que o biomédico poderá trabalhar no IBAMA, por enquanto. Ao que tudo indica, os quadros do IBAMA são principalmente de biólogos e veterinários. Mas, como o biomédico vem ganhando muito espaço de atuação e já pode realizar análises clínicas veterinárias e inseminação artificial em bovinos, quem sabe logo, logo…
    Importante lembrar também que minha paixão por animais não me impede de ser uma biomédica apaixonada pela profissão há 44 anos! Pense, portanto, Amanda e entre em contato comigo sempre que quiser.
    Beijo grande,
    Norma
    ——————————————————————————————————————————

    Fiquei muito feliz com sua Resposta Dra. Norma, e sempre que posso visito o seu blog..

    Eu amo estar cursando Biomedicina, e este sonho de trabalhar no Ibama é desde criancinha. Se não for possível, ficarei muito feliz com a profissão de Biomédica!
    Ontem fiquei sabendo já abriram mais 2 áreas de atuação do Biomédico, totalizando 35 áreas, fiquei muito feliz que a Biomedicina esta se tornando cada vez mais reconhecida.
    Pretendo me especializar em Analises Clinicas Veterinárias, a Sra. saberia me informar se esta área eu terei algum contato com animais, ou só realizarei exames através de coletas?

    Mais uma vez, parabéns pelo Blog.

    Desde já muito obrigada a vocês duas, Dra. Norma e Alana!

    Beijos,
    Amanda.
    ——————————————————————————————————————————–

    Olá, Amanda!

    Que bom que optou por Biomedicina! E Análises Clínicas Veterinárias é um campo ainda em aberto. Você terá contato com animais sempre. Se trabalhar em um laboratório como biomédica ou for proprietária do mesmo, terá contato com os animais durante a coleta de material biológico. Nesse caso, você pode fazer parceria com vários veterinários para obter os exames. Mas você pode trabalhar também em clínicas e hospitais veterinários (pode ser sócia de um, por exemplo). Então, o contato com animais será bastante próximo, porque alguns doentinhos ficarão internados e necessitarão de muito cuidado e carinho. Aquiles, meu labrador de 6 anos e meio, tem um problema articular e já ficou internado algumas vezes… Precisei levá-lo para São Paulo… Pena que Araras ainda não possua um hospital veterinário… Que tal pensar sobre isso e juntar-se a outros biomédicos e veterinários?
    Bjos,
    Norma

  8. Amanda silva says:

    olá,
    seu blog é brilhante, fantástico..
    bom,estou entrando no faculdade agora no curso de biomedicina,e eu sou apaixonada em genética gostaria de saber se esse curso abri espaço para a área da genética
    e se abrir espaço qual a área de atuação ?
    ———————————————————————————————————————————-

    Querida Alana,

    Como é bom entrar na sala do 1º integral e vê-la lá, ávida por aprender. Nosso curso tem muitos espaços na área de Genética! Você pode trabalhar com:
    - Genética Geral (brevemente, o estudo dos mecanismos básicos por meio dos quais a informação contida no DNA é traduzida e transcrita)
    - Genética de Populações (quais as peculiaridades genéticas de cada grupo humano)
    - Aconselhamento genético (em casos da possibilidade de transmissão genética de determinadas doenças)
    - Pesquisa sobre mutações e outras alterações que podem levar a doenças mais ou menos graves e a alguns tipos de tumores malignos (cânceres)
    - Engenharia Genética, quando você participa de uma equipe envolvida em provocar mudanças genéticas e transformar e/ou construir estruturas orgânicas diferentes
    - Terapia Gênica, ao substituir um gene defeituoso, por exemplo, em determinado organismo vivo
    - Com diagnóstico molecular para doenças genéticas ou imunológicas ou infecciosas ou metabólicas etc.
    Enfim, a Genética é um mundo. E é possível se estudar ainda mais do que mencionei.
    Você terá contato, durante o Curso, com a maioria das aspectos citados acima! Aproveite! Converse bastante com os Professores Carlos e Camila!
    Bjos,
    Norma

  9. Junior says:

    Ola Dra. Sou Biomedico e tenho interesse em um curso de imagenologia ou de perfusao, voce sabe alguma Pós no estado de Sp moro proximo a campinas.
    Aguardo a resposta.
    Obrigado!
    ——————————————————————————————————————————–

    Caro Junior,

    Para fazer curso de especialização em perfusão, procure informações no site da Sociedade Brasileiro de Perfusionistas. Existe também a Associação Brasileira de Perfusionistas. A Sociedade ou a Associação oferecem cursos de especialização em perfusão. Quanto à Imagenologia, há vários cursos em São Paulo. Veja a Faculdade de Medicina de Jundiaí (perto de você), a UNISA e a Universidade de Marília. Caso tenha dúvidas, entre em contato com a Associação Brasileira de Biomedicina, que funciona junto ao CRBM – 1ª Região, e esclareça tudo.
    Abraço,
    Norma

  10. olá! vou começar a faculdade de biomedicina agora em 2012. Já escutei várias pessoas falando que o salário não é alto, mas não dou bola pois, se a pessoa quer ela corre atrás! obrigada

  11. Fernanda says:

    Amei seu blog e acabei me interessando pela biomedicina, mas tenho algumas duvidas.
    Como fazer a biomedicina estética? faz a faculdade de biomedicina e depois um curso de estética??
    ——————————————————————————————————————————–

    Cara Fernanda,

    Você faz o curso de Biomedicina, em primeiro lugar. Ótimo! Se fizer conosco, um de seus estágios supervisionados de final de curso pode ser realizado na Clínica de Estética da FHO/UNIARARAS. Depois, para completar bem sua formação você deve fazer um curso de especialização, oferecido pela Sociedade Brasileira de Estética. Daí, é montar sua clínica e ser feliz!
    Beijos,
    Norma

  12. Boa noite Dra. tenho muita vontade se fazer biomedicina , devido ser uma profissão “nova” tenho restriçoes como o salário ! Para uma pessoa viver bem , o que a Dra. aconselharia à fazer? E qual seria a media de salario?
    ——————————————————————————————————————————–

    Cara Débora,

    Essa história do salário do biomédico iniciante virou uma lenda urbana… Ele não é maior nem menor do que o salário de qualquer profissional que acaba de entrar para o mercado. Não há teto mínimo, segundo o sindicato. E o salário base está muito relacionado com a área escolhida. Tenho ex-alunos que começaram agora a trabalhar. Alguns estão ganhando R$ 1.800,00, outros R$ 2.200,00, mas há também os que ganham R43.330,00. O salário dependerá da empresa, do tipo de responsabilidade assumida e de você próprio. Temos que ser os melhores no que fazemos e temos de provar isso. O que disse vale para qualquer profissão, viu? E lembre-se: se você montar sua própria empresa, segundo o SEBRAE, haverá sempre o tempo que correrá até que você recupere o valor investido. Depois disso, poderá retirar um excelente pro labore.
    Antonio, o Rio não pode estar na contramão do restante do país. Talvez precise apenas parar de pensar no biomédico como analista clínico. Estude profundamente as áreas de atuação e veja o que é mais compatível com o que quer da vida. Falei em empresa, acima. Um grupo de ex-alunos da FHO/UNIARARAS resolveu investir em um laboratório próprio de análises de águas e alimentos. Começou há 3 anos. Em 18 meses haviam recuperado o investimento e, atualmente, já ganham quase mais do que eu, com quase 44 anos de profissão, como professora universitária e pesquisadora. Tudo começou numa pequena cidade mineira. A empresa cresceu e eles se fixaram em análises de águas. Realizam análises para a maioria das cidades (farmácias, indústrias etc) do sul de Minas.
    No entanto, o importante é ser feliz no que se faz. Ser apaixonado pela profissão é meio caminho andado para encontrar um bom trabalho e ser recompensado de forma justa por isso. Tudo acontece no tempo certo.
    Abração,
    Norma

  13. Antonio dos Santos Alves says:

    olá! Gostaria de uma ajuda se possível. Pretendo começar uma faculdade agora no 1 semestre, mas to em dúvida. Amo a grade de biomedicina, e adoro pesquisas e genética, acho muito importante e interessante tudo isso. O meu medo é com relação ao campo de trabalho, eu sei que o biomédico tem 33 áreas de atuação. Sou do rio de janeiro, e aqui não tem muito campo para o biomédico, pois não tem muitas empresas relacionadas a área da biomedicina, conheço vários que competem vaga com os técnicos de radiologia, por favor me ajudem, um abraço a todos!
    —————————————————————————————————————————–

    Caro Antonio,

    Essa história do salário do biomédico iniciante virou uma lenda urbana… Ele não é maior nem menor do que o salário de qualquer profissional que acaba de entrar para o mercado. Não há teto mínimo, segundo o sindicato. E o salário base está muito relacionado com a área escolhida. Tenho ex-alunos que começaram agora a trabalhar. Alguns estão ganhando R$ 1.800,00, outros R$ 2.200,00, mas há também os que ganham R43.330,00. O salário dependerá da empresa, do tipo de responsabilidade assumida e de você próprio. Temos que ser os melhores no que fazemos e temos de provar isso. O que disse vale para qualquer profissão, viu? E lembre-se: se você montar sua própria empresa, segundo o SEBRAE, haverá sempre o tempo que correrá até que você recupere o valor investido. Depois disso, poderá retirar um excelente pro labore.
    Antonio, o Rio não pode estar na contramão do restante do país. Talvez precise apenas parar de pensar no biomédico como analista clínico. Estude profundamente as áreas de atuação e veja o que é mais compatível com o que quer da vida. Falei em empresa, acima. Um grupo de ex-alunos da FHO/UNIARARAS resolveu investir em um laboratório próprio de análises de águas e alimentos. Começou há 3 anos. Em 18 meses haviam recuperado o investimento e, atualmente, já ganham quase mais do que eu, com quase 44 anos de profissão, como professora universitária e pesquisadora. Tudo começou numa pequena cidade mineira. A empresa cresceu e eles se fixaram em análises de águas. Realizam análises para a maioria das cidades (farmácias, indústrias etc) do sul de Minas.
    No entanto, o importante é ser feliz no que se faz. Ser apaixonado pela profissão é meio caminho andado para encontrar um bom trabalho e ser recompensado de forma justa por isso. Tudo acontece no tempo certo.
    Abração,
    Norma

  14. Ramyla says:

    Olá, tenho 15 anos e estou cursando o 3° ano do Ensino Médio. Tenho pesquisado bastante sobre Biomedicina. Eu também quero muito fazer Medicina Legal. Tenho um certo receio de fazer o curso de biomedicina e não conseguir um emprego. Moro em Fortaleza, Ceará e não tem esse curso na UFC, então eu irei fazer em um outro estado, provavelmente no Piauí. Eu queria saber se o mercado de trabalho é bem amplo para essa profissão!
    Aguardo a resposta e muito obrigado pelas informações! :D
    ———————————————————————————————————————————

    Olá, menina!
    Infelizmente conheço apenas a linda cidade de Fortaleza, como turista. Não possuo dados sobre o mercado de trabalho para biomédicos no Ceará. Se gosta de Medicina Legal, o ideal, depois de graduada em Biomedicina, é prestar concursos públicos para perita criminal. Aqui em São Paulo, há peritos trabalhando na Polícia Federal, no Instituto de Criminalística e em vários órgãos públicos na capital e no interior. Tenho dois ex-alunos, formados há pouco tempo, que foram aprovados no concurso para Medicina Forense, no Instituto de Medicina Legal de Ribeirão Preto, SP, uma cidade próxima de Araras. Procure se informar quais são os órgãos que atuam na área de Medicina Legal no Ceará, viu? E se precisa mudar de estado para cursar Biomedicina, que tal vir para a FHO/UNIARARAS?
    Seria um grande prazer recebê-la aqui. Think about…
    Abraço,
    Norma

  15. glayce kelly says:

    ola,gostaria de saber se apos o curso eu decidi me especializar em ‘medicina” meu periodo de estudo sera menor por eu ter estudado algumas materias?
    ———————————————————————————————————————————-

    Cara Gleyce,

    Grata pelo contato.
    Antes, não existe especialização em medicina. Medicina é um campo vasto de estudo da área das ciências biológicas e da saúde. Após fazer Medicina (ou qualquer outro curso superior) você pode e deve se especializar em uma área mais restrita.
    E, após fazer Biomedicina ou Medicina, a gente pode completar o outro curso, eliminando matérias já cursadas em Medicina ou Biomedicina, respectivamente, na dependência do curso anteriormente cursado. Isso dependerá também da Faculdade ou Universidade que abriu vagas para um ou outro curso.
    Tentando simplificar: existe sim a possibilidade de eliminar matérias cursadas em cursos superiores quando você pretende fazer outro curso superior. Isso é regido por lei federal e vale para todos os cursos superiores.
    Abraços,
    Norma

  16. Talita Chaves says:

    Ola,estou cursando biomedicina e tenho que fazer um trabalho contendo todas as aréas de atuação de um biomédico e os salários de cada aréa..Você pode me ajudar?
    ——————————————————————————————————————————

    Cara Talita,

    É difícil fazer esse seu trabalho, hein…
    Conheço biomédicos que ganham R$ 2.000,00 e outros que recebem mais de R$ 20.000,00. Depende da área de atuação, da experiência, do tempo de serviço etc.
    Não vou contar meus salários (sou coordenadora de curso, professora e consultora da área educacional), mas estou em um patamar bem alto… rsrsrs…
    Acho que não respondi sua pergunta, porém, realmente não há como respondê-la. Se você consultar o Sindicato dos biomédicos, ele lhe fornecerá uma sugestão de teto salarial básico para início de carreira, apenas em análises clínicas. Não fazemos só isso! Portanto, não lhe ajudará a “desatar esse nó”…
    Sorry, Baby! Pergunte-me algo mais fácil de responder ou repasse essa mensagem ao seu (sua) professor (a)!
    Beijo grande,
    Norma

    Profª Drª NORMA GERUSA DA SILVA MOTA

  17. [...] Ao chegar em casa, no sábado, pesquisei sobre a profissão e encontrei o blog da Uniararas - http://blog.uniararas.br/biomedicina/?p=414 – e ao ler suas respostas nos depoimentos me encantei ainda mais. Provavelmente eu deva [...]

  18. leticia says:

    Olá gostei muito do blog . queria saber se um biomedico pode se especializar em genetica buscando tratamento de doenças entre outros
    abçs.
    ——————————————————————————————————————————-
    Olá, Letícia!
    Sim, o biomédico pode ser geneticista. Temos vários ex-alunos trabalhando em diferentes áreas da genética e nossos dois professores de Genética (Prof Ms Carlos Grignoli e Profa Dra Camila Oliveira), são ex-alunos da FHO/UNIARARAS. Que orgulho! Eles se formaram antes de eu vir para cá, em 2001, e são excelentes! Carlos trabalha muito com hemoglobinopatias, isto é, doenças que afetam as hemácias ou a produção de hemoglobina, a substância que deixa nosso sangue vermelho. Camila trabalha muito com surdez relacionada a problemas genéticos variados. Outros exemplos, temos ex-alunos trabalhando em serviços de aconselhamento genético, local onde se entrevista, por exemplo, familiares de pessoas portadoras de uma doença genética e se estuda a possibilidade de um filho de determinado casal nascer com o problema. Por sua postagem, acho que você gostaria de trabalhar com aconselhamento genético, que tal? Se desejar conversar com o Prof Carlos ou Profa Camila, envio seus emails: carlosgrignoli@uniararas.br e caol@uniararas.br
    Caso tenha outras dúvidas, escreva-me.
    Bjos,
    Norma

  19. Geisa Dias says:

    Olá,em primeiro lugar parabéns pelo blog e tem me ajudado muito tirando as dúvida de meus colegas.Sou téc de enfermagem amo a area de saude e pretendo fazer biomedicina gostaria de saber em q areas posso trabalhar com citologia oncotica e se o campo é amplo…obrigada!
    ——————————————————————————————————————————–
    Oi, Geisa!
    Citologia Oncótica é um campo vasto, sim, para o biomédico. A maioria dos que conheço trabalham em Laboratórios de Patologia, onde executam e emitem laudos dos exames de citologia esfoliativa (traduzo: citologia esfoliatica é o estudo microscópico de células obtidas não por biópsia, mas por raspagem de determinados locais (mucosa da boca, da vagina; do colo uterino – exame para controle de câncer de colo de útero; lavado brônquico – pulmão; lavado gástrico – estômago; raspagem da superfície da pele; etc). Mas você pode ser também professora e pesquisadora com nossa professora de Citologia Oncótica, a biomédica Profa Dra Jussara Bettini, que trabalha com a pesquisa de vírus HPV. Envio o email da Jussara, se desejar falar pessoalmente com ela: jussarabettini@uniararas.br
    Sempre que desejar entre em contato.
    Bjos,
    Norma

  20. Danilo says:

    Bom dia, eu tenho 16 anos e estou no 2º ano do ensino médio e gostaria muito de fazer Biomedicina logo que me formar, gostaria de saber se há algum curso que poderia fazer antes de entrar na faculdade que possa ajudar no meu desempenho profissional na área de Analises clinicas.
    outra pergunta, um Biomédico pode trabalhar em laboratório de Investigações Criminais???

    Obrigado, Parabéns pelo Blog Muito bom!!!
    ——————————————————————————————————————————

    Olá, Danilo!
    Grata pelo contato.
    Antes de entrar no Curso de Biomedicina existe o curso de técnico em Análises clínicas. Mas, você já está no 2o ano do ensino médio. Acho que não vale a pena fazer o técnico que corresponde ao ensino médio. Sugiro, portanto, que você preste vestibular, de preferência aqui conosco… rsrsrs… Após começar seu curso de graduação em Biomedicina você poderá fazer vários cursos chamados de extensão universitária que são oferecidos para alunos do ensino superior. Na área de Análises Clínicas há vários desses cursos, geralmente curtos (até 40 horas/aula) oferecidos pela própria FHO/UNIARARAS e por outras instituições. Além disso, nossos alunos participam de vários Congressos, nos quais também é possível realizar cursos e assistir palestras.E todos os nossos alunos passam obrigatoriamente por dois estágios de 640 horas, ao final do curso: um na área de Análises Clínicas oferecido no próprio Laboratório de Análises Clínicas da FHO/UNIARARAS e outro na área de opção do aluno. Fique tranquilo que você terá uma excelente formação nessa e em outra áreas!
    Sim, o biomédico pode ser perito criminal e, geralmente, muito bom! Temos ex-alunos nessa área também. No entanto, para ser perito é necessário prestar concurso público, após o término do curso de graduação: na Polícia Federal, no Instituto de Criminalística ou em unidades de Ciências Forenses (que a gente conhece mais como Institutos de Medicina Legal). Nào dá simplesmente resolver ser um CSI e sair por aí… rsrsrs…
    Estou te esperando OK? E fico à disposição para qualquer dúvida.
    Bjos
    norma

  21. Flavio Gomes says:

    Parabéns pelo Blog!
    Sou de Vitória ES, mas a 06 moro em Lisboa Portugal, estou estudando na Escola Superior de Saúde da Cruz Vermelha Portuguesa de Lisboa, onde estou a tirar a Licenciatura em Cardiopneumologia. Uma das matérias desse curso é a perfusão cardiopulmonar, entre outras.
    Gostaria de saber se quando eu voltar para o Brasil, posso exercer a profisão de Perfusionista Cardiopulmonar?
    Muito Obrigado e mais uma vez parabéns pelo belíssimo Blog.
    ——————————————————————————————————
    Prezado Flávio,
    Quem poderá responder sua pergunta com todos os esclarecimentos necessários é a Sociedade Brasileira de Circulação Extracorpórea (SBCEC). O endereço do site é: http://www.sbcec.com.br/
    Não tenho certeza, mas acho que além da convalidação de seu diploma, será necessário realizar um curso de especialização, oferecido pela própria SBCEC.
    Obrigada por gostar de nosso blog!
    Bjos,
    Norma

  22. Nayara Monique says:

    Estou interessada nessa profissão de BIOMÉDICO, mas estou em dúvidas. Pois gostaria de fazer em uma faculdade particular, mas fui informada que em facul particular não tem pesquisas cientificas e sair de um curso desses apenas com a graduação já prejudica para conseguir um emprego. Gostaria de ser mais informada. obg.
    ————————————————————

    Oi, Nayara Monique!
    Faculdades particulares estão investindo em pesquisa científica. Aqui oferecemos programas de iniciação científica para os alunos e, talvez por causa disso, a maioria se transforma em pesquisador científico (fiz já essa estatística dos últimos 10 anos, tempo em que trabalho aqui). Há dois anos, abrimos também o mestrado em Ciências Biomédicas e nossos pesquisadores têm publicado nos melhores periódicos científicos nacionais e internacionais. É claro que nem todas as particulares conseguiram atingir um bom nível de produção científica. Por isso, me orgulho tanto da FHO/UNIARARAS, depois de me aposentar na UNESP e passar pela USP.
    Se quiser nos visitar é só agendar. Terei prazer em recebê-la e você poderá conhecer nosso ambiente de estudo e de trabalho, nossos alunos, assistir uma aula… Que tal?
    Bjos,
    Norma

  23. mayara says:

    olá, sou de mogi das cruzes sp, pretendo comecar o curso de biomed. no segundo semestre de 2012 em uma universidae particular daqui msm.. queria saber se por eu cursar numa univesidade que nao é publica, isso muda alguma coisa? eu amo a area da saude e pretendo me dedicar ao maximo!
    ————————————————————–
    Oi, Mayara, não muda nada. É claro que você deve se informar sobre a universidade que pretende cursar, pois há muita coisa ruim por aí. Veja o currículo, a carga horária, se o curso é reconhecido pelo MEC etc. Se valer a pena e você se esforçar poderá competir em condições de igualdade com qualquer outro formado. Nossos alunos da FHO/UNIARARAS já forma aprovados em concursos públicos, mestrados e doutorados em primeiras colocações, deixando pra trás gente das universidades públicas. Mas, aqui, nossa filosofia de trabalho é exatamente essa: formar o biomédico crítico e reflexivo, comprometido com a sociedade, com a geração e difusão do conhecimento, destemido e de excelente nível científico.
    Beijos
    Norma

  24. Giordana says:

    Olá Drª Norma. Tenho 16 anos e estou cursando o 3° ano do ensino médio. Estou participando de uma orientação profissional, e como Biomedicina é a minha primeira opção de curso, gostaria de informações sobre a profissão. Sei que poderia pesquisar na internet, mas preciso do depoimento de um profissional da área.
    Como é o ambiente de trabalho?( Onde, com que se trabalha?) / Objetos-conteúdos de trabalho.(Com o que se trabalha?) / Atividades de trabalho. ( O que se faz? Como?) / Rotina de trabalho. ( Horários, ritmo de trabalho…) / Quais são os retornos dessa profissão?( O que essa profissão oferece?) / Quais são as vantagens e as desvantagens?
    Desde já agradeço.
    ————————————————————————————

    Olá, Giordana!
    Para responder com detalhes o que você pergunta, seria necessário um tratado… rsrsrs… Mas, vamos lá!
    Ambiente de trabalho: o principal ambiente do Biomédico é o laboratório. Dependendo da área em que você atuará, poderá ser um laboratório hospitalar, clínico, de pesquisa (em várias áreas), de manipulação de embriões, de diagnóstico por imagem, de controle de qualidade numa indústria etc. Dificilmente o biomédico trabalhará sozinho. Isso atualmente vale para a maioria das profissões. Estará sempre inserido numa equipe multiprofissional e/ou multidisciplinar, como chefe ou subordinado.
    Objetos/conteúdos de trabalho: Sempre dependerá da área de atuação que você escolher. Existem, atualmente, 34 áreas regulamentadas. Cito algumas: pesquisa científica em qualquer disciplina da área da saúde; magistério superior, após mestrado e/ou doutorado; laboratórios de análises clínicas (desde a execução de exames até a assinatura de laudos e relatórios); centros de diagnóstico por imagem e medicina nuclear, onde você trabalhará principalmente com tomografia, ressonância magnética, cintilografia etc; perfusão sanguínea, com máquinas de circulação extracorpórea, durante cirurgias cardiotorácicas, em grandes hospitais; em clínicas de reprodução assistida, com fertilização de embriões in vitro; como perito criminal, especialmente nas áreas de estudos do DNA, toxicologia e antropologia forenses; em clínicas de aconselhamento genético, para famílias/pessoas com síndromes genéticas; em indústrias de alimentos e envasadoras de líquidos, como microbiologista e responsável por controle de qualidade dos produtos; em hospitais e bancos de órgãos, como responsável pelos testes de compatibilidade entre doador e receptor de transplantes etc etc… A lista é extensa…
    Atividades de trabalho: Já respondi alguma coisa nos itens anteriores.
    Rotina de trabalho e horários: Sempre dependerá da área escolhida. Eu, por exemplo, sou pesquisadora. Muitas vezes tive de trabalhar dias e noites para tocar uma dada pesquisa. Atualmente, mesmo trabalhando em um laboratório ou empresa ou hospital, às vezes é necessário se dedicar além da hora marcada para entrada e saída. O bom biomédico não deve ser escravo do relógio de ponto, OK?
    Retorno da profissão: Falarei por mim. Paixão que não se acaba (sou biomédia apaixonada há quase 44 anos, da primeira turma graduada no Brasil), ganho muito bem ( o início é difícil em qualquer área), tive a chance de conhecer vários laboratórios no Brasil e no exterior e, principalmente, formar pessoas que muitas vezes fazem mais sucesso e ganham mais do que eu.
    Vantagens: Infelizmente, só enxergo as vantagens. A única desvantagem não é da profissão e sim de alguns cursos que insistem em formar o biomédico apenas como analista clínico, sem a abertura de possibilidades que oferecemos aqui.
    Espero tê-la ajudado. Se quiser, agende uma visita para nos conhecermos. Você poderá assistir a uma aula.
    Fico à disposição!
    Bjos,
    Norma

  25. Isaura says:

    Boa tarde Dra. Norma, sou Biomédica com especialização em estética, gostaria de saber mais sobre instituições e cursos em estética para bimédicos em são paulo, e qual será o procedimento do bimédico para resolver as possíveis complicações de uma aplicação intradermica, ou um laser por exemplo?
    Um abraço,
    ———————————————————————————————————————-

    Cara Isaura,

    Conheço ainda pouco sobre essa nova habilitação do biomédico, mas você deve buscar o site http://www.biomedicinaestetica.bmd.br/ Nesse site, você encontrará divulgação de cursos e procedimentos em Biomedicina Estética. Outra possibilidade é acessar o site da Conselho regional de Biomedicina – 1ª Região (http://www.crbm1.gov.br/ ) e buscar as informações que deseja. Que seja do meu conhecimento, o CRBM-1ª Região poderá responder facilmente sua última pergunta, pois há vários profissionais preocupados com a realização de procedimentos considerados invasivos por biomédicos esteticistas.
    Fico à disposição.
    Abraço,
    Norma

  26. Emília Martins says:

    Olá DR.Norma, eu passei na universidade UNIP aqui de Goiânia para o curso de Biomedicina ,gostaria de saber se é uma boa universidade em sua opinião. Preciso da sua orientação em qual aréa deveo me especializar, qual tem o salario melhor, tipo uns 40.000 mil, rsrsrs que a senhora sitou logo a cima..Beiijos
    —————————————————————————————————————————

    Cara Emília,

    Uma das coisas que o biomédico ou qualquer outro profissional precisa ter é ética profissional. Bem, existe um conflito de interesse na primeira pergunta que você fez, por isso não posso respondê-la. Sorry, Baby… Quanto à segunda parte, você necessita orientação sobre em que área deve se especializar, por que já descobriu que tem uma quedinha por algumas ou por causa do salário de R$ 40.000,00??? Rsrsrsrs…
    Meu conselho: seja a melhor na área que escolher e o salário será consequência (Veja minha resposta para Jonathan).
    Beijo grande,
    Norma

  27. Jonathan Soares says:

    Boa noite doutora eu tenho 17 anos moro em natal rn e gosto muito das materias de biologia fisica e quimica e min edentifiquei muito no curso , mas muito dizem que n e um bom curso qué e dificil , mais eu gosto muito dessa area pois o estudo do corpo humano , min atrair muito como a especificaçao de geneticistas , mais A UFRN aqui no estado agora e 100% vagas pelo enem , mais dificil mais n vo desistir , Eu pergunto A Senhora Quais as areas promissoras e uma Base Salarial que ganha Um recem Formado , Tempo de trabalho é se da para trabalhar mais de uma empresa isso que gostaria de saber ,Obrigado .
    ——————————————————————————————————————————–

    Prezado Jonathan,

    Nunca desista de seus sonhos e lute para transformá-los em realidade. É isso que dá sentido à vida! Bem, você faz perguntas difíceis… rsrsrs… porque não é nada tão matemático e dois mais dois às vezes soma cinco… rsrsrs… Qualquer área é promissora. Para mim não interessa a área; o que interessa é o profissional. O profissional tem que ser excelente em sua área de atuação e terá um futuro promissor por causa de sua excelência. Então, ele pode ser um ótimo microbiologista ou um fantástico imagenolista ou um super imunologista ou um arretado citologista oncótico ou um excelente biologista molecular etc etc e terá um futuro promissor. Mas, se ele for um sofrível nanobiotecnologista ou um ruim neurofisiologista ou um mais ou menos manipulador de embriões in vitro, apesar das áreas serem de fronteira científica, seu futuro nada terá de destaque. Qualquer recém-formado, em qualquer profissão, começa ganhando menos do que os já experientes, pelo menos quando existe uma oferta maior do que a procura. Aqui, no Estado de São Paulo, por exemplo, qualquer profissional da área da saúde, começando a vida profissional, ganha por volta de R$ 2.000,00. No entanto, um ex-aluno nosso, recém-formado, mudou-se para o Pará, trabalha em Análises Clínicas (saiu muito bem formado daqui, sem brincadeira!) e começou com um salário de R$ 4.800,00, pois, imediatamente, assumiu a responsabilidade técnica do laboratório. Isso há dois anos… E, sim, existe a possibilidade de trabalhar em duas empresas (por exemplo, 20 horas semanais em cada uma). Em princípio, não vejo qualquer conflito de interesse.
    Fico à disposição.
    Abraço,
    Norma

  28. bom dia..
    me chamo Layanne e estou me formando em Bacharel em Biomedicina. a dias atras venho buscando em sites uma especialização promissora e estou com muitas duvidas. moro na bahia e nao gostaria de sair dessa região. na cidade em que moro se nao me engano a existe,m na faixa de 10 a 12 laboratorios de analises clinicas, e apenas 2 deles tem especialistas em citopatologia. me interessei em aostar na especialização mas depois fiquei sabendo que o CRM esta com um recurso para exluir essa especialização do biomedico, atribuindo-a apenas ao medico. gostaria de saber se isso eh verdade, e em qual área tenho mais garantia de obter lucro.
    desde ja, agradeço.
    ————————————————————————————————————————-

    Cara Layenne,

    Grata pelo contato. O CRM, por meio do chamado “Ato Médico”, está tramitando um projeto no Senado Federal, que pretende retirar várias competências de outros profissionais da área da saúde, não apenas do biomédico. Não acredito que consigam. Primeiro, porque eles sozinhos não darão conta de fazer tudo o que o Ato Médico pretende; depois, porque a área jurídica parece não estar disposta a acatar decisões que visem retirar de profissionais da saúde, competências e habilitações conquistadas há muito tempo. Foi o que ocorreu com a acupuntura, por exemplo, recentemente. O CRM soltou uma resolução alegando que acupuntura era um ato apenas médico, que foi rechaçada liminarmente por juízes federais que entendem que essa ciência oriental pode ser praticada por qualquer profissional da saúde, devidamente habilitado. Bem, se a especialização em citopatologia (citologia oncótica ou citologia esfoliativa) que você viu é realmente boa, sugiro que a faça. No princípio, nenhum profissional ganha muito dinheiro. Tenho escrito muito sobre isso. O “lucro” é sempre consequência de um trabalho sério e muitíssimo bem realizado. Conselho: primeiro apaixone-se por uma área e seja o melhor! O dinheiro virá depois… E como vem…
    Bjos,
    Norma

  29. Olá Drª Norma. Estou começando a me interessar pelo curso de biomedicina e andei pesquisando sobre as áreas de atuação de um biomédico. Me falaram que se eu viesse a fazer o curso, era pra eu escolher a área de reprodução artificial, pois esta além de ser uma área que envolve reprodução humana, inclui-se também uma boa remuneração. Isso procede? Se sim, como seria a remuneração em média pra quem atua nessa área? Grato desde já.

    Caro Fábio,
    Bem-vindo! A área da reprodução humana assistida tem sido a área de escolha de vários biomédicos. É uma área em que o biomédico e o médico precisam ser parceiros, de verdade. O biomédico se responsabiliza pela manipulação in vitro dos embriões e o médico pela implantação do embrião na paciente e seguimento da gestação. Tenho alguns ex-alunos trabalhando na área e a remuneração média é de cerca de R$ 3.000,00 a R$ 4.000,00 (há alguns trabalhando em grandes clínicas que recebem mais do que isso). Alguns biomédicos têm optado por trabalhar com inseminação artificial na área veterinária. Tudo está muito no início, mas a remuneração pode ser maior. Veja o que respondi para Layenne sobre ganhos.
    Bjos,
    Norma

  30. Nickolle says:

    Oi, sou apaixonada por genética e pretendo ser cientista, como gosto dessa área, pretendo fazer uma pós graduação em genética, mas estou em dúvida qual faculdade fazer: medicina, biomedicina ou biotecnologia. Pode me informar qual dessas me dá uma melhor base para minha futura pós?

    Cara Nickolle,
    Grata pelo contato. Essa geração Z, sua geração, vai acabar me matando do coração… rsrsrs… Nickolle, você quer mesmo escolher a Faculdade pensando na pós-graduação??? Bem, vejamos se a veia coroca aqui pode ajudá-la… rsrsrs… Dos três cursos mencionados (Medicina, Biomedicina e Biotecnologia) o que tem maior carga horária em disciplinas da área de genética ou de áreas relacionadas é biomedicina (pelo menos o da FHO/UNIARARAS). Mas, apenas isso não é suficiente. Escreva-me dizendo que sub-área da genética lhe interessa OK? Exemplifico o pedido: se seu interesse é por genética humana faça biomedicina ou medicina; se seu interesse é por genética de plantas, faça biologia ou agronomia. Mesmo isso, torna-se difícil de responder, porque tudo atualmente é muito correlacionado. Cito um caso: duas formandas daqui foram convidadas a iniciar o mestrado, em janeiro próximo (2013), na Escola Superior de Agronomia (ESALQ) da USP, em açúcar e álcool, por possuírem forte bagagem em doenças causadas por microrganismos que atacam o homem e em estudos da toxicidade para o organismo de substâncias tóxicas (que podem estar contidas no açúcar e no álcool). No caso, elas não escolheram a pós-graduação; foram escolhidas e estão felizes! Por isso, brinquei inicialmente com você! E se você se apaixonar por outra área que não a genética?
    Bjos,
    Norma

  31. Ola, gostaria de saber da professora se um biomedico pode abrir sua propria clinica e fazer por exemplo, exames de ultrasonografia, o que pdoeria obter uma renda bem maior que trabalhando para alguma empresa.

    Olá, Antonio! Pode sim. Temos exemplos de ex-alunos que fizeram isso. Para assinatura dos laudos, eles contrataram um médico. Ou seja, o negócio é deles e eles certamente recebem ótima renda mensal ou anual. Cuidado apenas com o aporte inicial de capital (talvez uma sociedade de biomédicos) e com um estudo acurado de compra ou aluguel de equipamentos (o que será melhor), visto que nessa área as mudanças tecnológicas são muito rápidas.
    Fico à disposição.
    Bjos,
    Norma

  32. Cara profª Drª Norma,
    a senhora poderia me dizer quais áreas da biomedicina estão crescendo recentemente e qual você me aconselharia me especializar? Grato desde já.

  33. Olá gostaria de saber se um biomedico pode atuar na medicina orto molecular.grata se puder me responder abraço
    —————————————————————————————————————————-

    Querida Simone,
    Não sei responder sua perguntas. Sorry… Meu conhecimento de medicina orto-molecular é mínimo. Sugiro que você entre em contato com o CRBM – 1ª Região (WWW.crbm1.org.br). Eles responderão sua pergunta com mais segurança. Preciso confessar que sou um pouco desconfiada da medicina orto-molecular, mas pode ser puro preconceito por falta de conhecimento. Caso consiga a informação, por favor, post algo em nosso blog. Fico no aguardo. Será uma excelente contribuição para todos os leitores.
    Bjos,
    Norma

  34. Luciene says:

    Boa noite Dra Norma,

    Estou querendo entrar para o curso de Biomedicina para atuar na area de diagnostico por imagem, especificamente em ultra sonografia, minha duvida e se como biomedica posso fazer o exame e o laudo do mesmo?
    Fico no aguardo da resposta. Desde já agradeço.
    Luciene
    ———————————————————————————————————————————-

    Querida Luciene,
    Exames de ultrassonografia são geralmente realizados por médicos. O biomédico que trabalha na área de Imagem faz muitas tomografias e ressonâncias. Os laudos precisam ser assinados por médicos. Há biomédicos donos de Clínicas de Imagem que contratam médicos para assinatura dos laudos. Respondi hoje um post do Bruno (veja!). Ele trabalha com Imagem. Tente um contato com ele via Facebook. Parece ser uma pessoa interessada em compartilhar conhecimentos.
    Bjos,
    Norma

  35. Karine says:

    Boa tarde, Dra.
    Gostaria de cursar Biomedicina, mas estou em dúvidas quais as áreas que o recém-formado pode atuar, sem a específica especialização.
    Grata desde já.
    —————————————————————————————————————————

    Olá, Karine!
    O que recomendamos aos nossos formandos que desejam ingressar imediatamente no mercado de trabalho, antes de cursar uma especialização, é procurar algo nas áreas para as quais oferecemos estágios supervisionados. A FHO/UNIARARAS tem como um de seus diferenciais o oferecimento de dois estágios supervisionados aos alunos. Um deles é em Análises clínicas, totalmente ofertado em nosso próprio laboratório. O segundo fica a critério do aluno e pode ser feito aqui ou em instituições autorizadas por mim, juntamente com o Conselho do Curso. Cada estágio totaliza mais de 600 horas e realmente fornece uma boa base para o recém-formado. Nossos alunos escolhem as mais diversas áreas. Agora, em 2012, temos alunos realizando a 2ª opção de estágio aqui mesmo (Fisiologia, Genética, Microbiologia, Biologia Molecular, Microbiologia de Alimentos etc) e outros que já fizeram fora daqui ou farão no 2º semestre (Açúcar e Álcool na ESALQ/USP; Imunologia, na Unicamp; Biofísica, na UNESP-Botucatu etc).
    Espero que você venha estuda conosco! Mas, se não vier, procure uma Faculdade que se aproxime da nossa nesse aspecto. É muito importante sair da Faculdade com um bom (em nosso caso dois bons) estágio profissionalizante. Isso também a ajudará a cursar especializações, mestrados, doutorados. É base!
    Bjos,
    Norma

  36. ola, sou Biomédico especializado em imagem, gostaria de trabalhar fora do Brasil na área da saúde direcionada a area de diagnoisticos por imagem, tomografia, ressonancia magnetica e pet-ct. o que me diz sobre isso, existe essa possibilidade? tenho um otimo salario aqui no brasil acima de 7.000,00, mas estou a procura de novos desafios. parabens pelo blog! abracos
    —————————————————————————————————————-

    Oi, Bruno!
    Gostei de sua postura arrojada e de seu salário também… rsrsrs…
    Se a gente atentar para a situação da economia global, talvez esse não seja o melhor momento para sair do Brasil. Mas, se você quer mesmo esse desafio, sugiro que procure algo em países asiáticos, que ainda não estão sentindo a tal crise com a Europa e os Estados Unidos. Que tal Coréia do Sul, Indonésia, Vietnam, Nova Zelândia, Austrália, Singapura… Outra possibilidade são os países árabes. Temos dois ex-alunos trabalhando em Análises Clínicas: uma brasileira no Kwaitt e outro, que veio só estudar aqui, na Síria. Já pensou em passar um tempo em no Qatar ou na Arábia Saudita? Espero que continue tendo sucesso! Parabéns!
    Bjos,
    Norma

  37. Marcela says:

    Bom dia!
    Gostaria de saber como abrir um proprio negocio com a biomedicina.Seria como uma farmacia?algo do tipo?

    Obrigada
    ————————————————————————————————————————

    Querida Marcella,

    Que bom ver sua mensagem e suas inúmeras perguntas! Precisei dar uma paradinha com o blog, por causa das férias. Após 44 anos de trabalho, um período de descanso é mais do que necessário.
    Bem, Biomedicina é uma carreira em plena expansão. Primeiro, porque é uma profissão jovem, que tem apenas 44 anos (sou graduada na primeira turma); e, também, porque durante esses 44 anos os biomédicos têm trabalhado muito em busca de novos campos de atuação. Se você acessar o site do Conselho Regional de Biomedicina ou o do Conselho Federal de Biomedicina (CFBM) e procurar RESOLUÇÕES, poderá ver que a cada ano uma nova possibilidade de habilitação é incorporada ao leque de opções do biomédico. Reprodução assistida (uma pergunta sua) é habilitação biomédica, no que diz respeito à manipulação dos embriões in vitro (fertilização, acompanhamento do cultivo etc). A implantação na paciente quem faz é o médico OK? E existem mais 34 já reconhecidas pelo CFBM.
    A profissão é reconhecida no Brasil desde o final da década de 1070. Ao procurar um curso de graduação, procure saber se o curso/faculdade são também reconhecidos. Por questões éticas, prefiro não responder sua pergunta sobre as grades de outras instituições, mas posso lhe assegurar que a FHO/UNIARARAS tem uma excelente matriz curricular… rsrsrs… e extracurricular também! Porque nos dias de hoje, não vale apenas o que é obrigatório. É necessário oferecer ao aluno várias possibilidades de escolha para complementação da tal grade… Aqui oferecemos, campanhas voltadas à comunidade, iniciação científica, monitorias, congressos, vivências laboratoriais, grupos de estudo, etc etc. Além disso, nosso aluno realiza dois estágios obrigatórios e sai daqui com duas habilitações profissionais.
    Bem, Marcela, fico por aqui, mas aproveito a chance para lhe convidar a nos visitar durante a Feira de Profissões que ocorrerá ao final de setembro (V. no site: http://WWW.uniararas.br ). Passe um dia conosco, se desejar! Eu vou adorar conhecê-la e você vai amar ser biomédica!
    Bjos,
    Norma

  38. Elenilde says:

    Olá, estou tentando o vestibular para biomedicina, poém fico em dúvida, gosto nmuito de biologia também, na verdade não consigo me decidir entre biologia ou biomedicina, as duas profissoes sao incríveis. Passei em Biologia numa federal, mas não sei se continuo tentando biomedicina. Por favor me ajude. Tenho 22 anos e já me sinto um pouco velha para entrar no entrar no ensi no superior. Acha que seria ruin concluir biologia e depois fazer biomedicina? Isse caminho é boom?

    Obrigada!
    ——————————————————————————————————————————-

    Olá, Elenilde!
    Bem, pra começo de conversa você é muito novinha, com apenas 22 aninhos… Além disso, qualquer hora é hora para começar a estudar. Minha cara, costumo definir a Biomedicina com o estudo da Biologia Humana. Então sua dúvida faz sentido: escolher entre Biologia e Biomedicina. Pense, portanto, dessa forma: quero fazer um curso de biologia para trabalhar com plantas ou invertebrados ou meio ambiente – farei Biologia. Ou, então, quero fazer um curso de biologia que estude a fundo a biologia humana na saúde e na doença – farei Biomedicina. Ajuda a ficar mais claro? Acho, porém, que se você quiser terminar seu curso de Biologia (não sei se está no início ou no fim) e depois fazer Biomedicina, ficará bom também. Não se esqueça: se quiser estudar o homem sadio ou doente, seus órgãos, tecidos, células, moléculas e todos os mecanismos de funcionamento dos sistemas humanos e falhas de funcionamento motivadas por doenças, faça Biomedicina! Como disse, os dois cursos são fascinantes, mesmo!
    Venha nos visitar durante a Feira das Profissões no final de setembro. Detalhes no site.
    Bjos,
    Norma

  39. Karen says:

    Olá Dr. Norma!
    Adorei o Blog, me ajudou enormemente a tomar minhas decisões! Estou fazendo cursinho pois ja terminei o 3º ano do ensino médio, estava um pouco perdida quanto a outras opções de curso!
    A Principio sonho com Medicina, um sonho um tanto quanto caro e doloroso de manter, pois o tempo de faculdade é muito longo, ainda mais especializações e etc… foi buscando novos meios de conseguir trabalhar com o que eu amo que encontrei Biomedicina – ADORO GENÉTICA, na verdade.. nem imaginava que esta profissão tinha campos de atuação tão abrangentes! fiquei maravilhada, inclusive com a simpatia com que a Sra. responde a dúvida de todos! deveriam existir mais profissionais assim, ajudando esta geração de indecisos HAHAH!
    A principio me interessei pelo de perfusão.. porque iria participar de cirurgias cardíacas né?!
    e também gostei muito da idéia de trabalhar como perita, pode me dizer mais sobre esta profissão? seria como trabalhar para a Criminalistica com a Policia?
    Obrigada, e manteremos contato pois quero lhe informar assim que conseguir entrar para o curso, hahaha!
    ————————————————————————————————————————–

    Olá, Karen!
    Que bom ter você interessada em Biomedicina. Nosso blog esteve fora do ar por alguns dias por problemas técnicos. Bem, perfusão é um ótima área, por ser relativamente nova e ainda existirem poucos biomédicos dedicados a ela. É claro que após Biomedicina, será necessário fazer uma especialização em perfusão, mas já existem cursos no Brasil (V. site da Associação Brasileira de Cirurgia extracorpórea). Ser perita criminal também é legal. Para ser perito, é necessário prestar concurso público em nível municipal (IML), estadual (Instituto de Criminalística) ou federal (Polícia Federal). Tanto a área de perfusão quanto a de criminalistíca pagam ótimas remunerações. Há, portanto, também, uma vantagem financeira. Que tal pensar na possibilidade de vir estudar conosco? Leia o que escrevi “Por que estudar Biomedicina na FHO/UNIARARAS”, no blog. Em tempo, não falei sobre genética, uma de suas e minhas paixões. Na criminalística, você poderá usar bastante genética. Lembra do Greg do CSI? Rsrsrs…
    Bjos,
    Norma

  40. webster alan says:

    ola dr norma ,quero saber se cursando biomedicina poderei ser habilitado a fazer uma pos graduação para engenharia genética a ponto de manipular genes,ou para chegar lá precisarei fazer ciências biologicas?
    quantos anos levará até se chegar ao cargo de engenheiro genético?
    ————————————————————————————————————————–

    Caro Alan,
    É claro que sim. A carga horária de genética é alta ao menos no curso que oferecemos na FHO/UNIARARAS. Mas, para se tornar um engenheiro genético você precisará fazer, após a graduação, mestrado, doutorado e, talvez, pós-doutorado, dependendo da área de engenharia genética que escolher. É necessário ser bom também em ética e bioética, pois manipular material genético é algo que pressupõe muito, muito cuidado. Como engenheiro genético você poderá manipular genes ou trabalhar com engenharia de tecidos ou realizar aconselhamento genético. Não sei quanto tempo levará, mas façamos um cálculo aproximado OK? Quatro ou cinco de graduação em Biomedicina + 2 ou 3 anos de mestrado + 3 ou 4 anos de doutorado + 1 ou 2 anos de pós-doutorado = 10 a 14 anos, entre graduação e pós-graduação, lembrando-se que você nunca deverá parar de estudar. Isso vale para qualquer área, viu? É claro que durante a pós-graduação você poderá conseguir bolsa de estudo (uma bolsa de pós-doc atualmente é de cerca de R$ 6.000,00).
    Venha fazer Biomedicina conosco! Espero você!
    Bjos,
    Norma

  41. Paulo says:

    Bom se eu optar por ter negocio proprio que tipo seria?preciso de exemplos
    Grato
    ————————————————————————————————————————

    Caro Paulo,

    O negócio próprio dependerá da área de atuação escolhida por você, naturalmente. Citarei alguns exemplos. Laboratório de: Análises Clínicas, de análise de água e ambiental, de análise de alimento, de genética molecular (estudo de paternidade, por exemplo); clínicas de diagnóstico por imagem e de medicina nuclear; clínica de aconselhamento genético; clínica de estética; empresa produtora de kits e reagentes biológicos; empresa de biotecnologia, especialmente de nanotecnologia aplicada à saúde, etc etc etc. São várias as possibilidades, Paulo. O céu é o limite!
    Bjos,
    Norma

  42. Osni says:

    Ola dr Norma, estou no 6° período de biomed, ano que vem tenho que escolher minha especialização, gosto muito da parte de imagenologia e citologia oncótica, a senhora poderia me informar a media de salario do biomédico nessas duas áreas de atuação e se é uma boa escolha pra minha carreira profissional.
    Parabéns pelo seu blog…
    —————————————————————————————————————————–

    Oi, Osni!
    Legal falar com você. Acho que não tenho uma média salarial para essas áreas, mas posso lhe dizer, aproximadamente, quanto estão ganhando ex-alunos meus. Antes disso, é importante frisar que ambas as áreas requerem, além da graduação, um bom curso de especialização para que você ganhe mais competência para atuar. Tenho alguns tipos de ex-alunos trabalhando em Citologia Oncótica e em D.I.: recém-formados, experientes, em bancadas de laboratórios de outros pessoas e donos do próprio negócio. Portanto, o salário pode variar bastante, na dependência da situação. Biomédicos experientes em Citologia Oncótica e em D.I. podem receber salários de R$ 8.000,00 a R$ 9.000,00; iniciantes recebem entre R$ 2.000,00 e 2.800,00. Tudo dependerá do laboratório e do estado ou cidade. Os donos do próprio negócio geralmente levam cerca de 2 anos para iniciar sua retirada, mas tenho ex-alunos que montaram clínicas de D.I. e retiram,hoje, mais de R$ 250.000,00 por ano, com tendência a aumentar.
    Felicidades em sua escolha!
    Bjos,
    Norma

  43. Thaynara says:

    olá dr. Norma adorei seu blog e gostaria muito de fazer biomedicina pois me interesso bastante..e tbm me interessei em fazer faculdade na FHO/uniararas só que moro em natal rn e aqui não tem faculdade de biomedicina gostaria de saber se voce conhece pensão de estudantes por ai pois não conheço ninguem em são paulo e tambem nunca nem fui em são paulo.. obg..

    —————————————————————————————————————————–

    Oi, Thaynara!
    Vou adorar ter uma aluna de Natal! Já temos alunos de várias partes do Brasil (sul, norte, centro-oeste, nordeste e sudeste). Não será por falta de pensão que você não virá… rsrsrs… Há várias na cidade e também muitas repúblicas de estudantes, aqui bem perto da Faculdade. Encaminho sua mensagem para o Processo Seletivo, cuja equipe poderá ajudá-la a encontrar uma pensão. Caso não receba uma resposta do Proc. Seletivo em quinze dias, escreva novamente para mim OK? Ou a qualquer momento, para tirar dúvidas, bater um papo ou dizer olá!
    Bjos,
    Norma

  44. Cara Drª Norma, sou Técnico em Radiologia há 10 anos e Professor, especializado em Ressonância Magnética, em Juazeiro do Norte-CE e vejo com tristeza como os Biomédicos, que saem de seus respectivos cursos com um vaguíssimo conhecimento de exames por imagem, tenham a pretensão de inserir-se em uma área de extrema importância para a saúde humana, valendo-se da prerrogativa de que exigem menos direitos que os TRs (carga horária + piso salarial + insalubridade). Acredito que os Biomédicos, desde que especializem-se, possam atuar em inúmeras áreas, todavia não prejudicando outras categorias de igual importância e consequentemente, desvalorizando o seu próprio mercado de trabalho.
    Muito grato pelo espaço, espero ter demonstrado minha indignação com educação.
    Helbert Xavier
    ——————————————————————————————————————————

    Olá, Helbert!
    Por princípio sou contra qualquer tipo de discriminação e de injustiça. Biomédicos formados onde trabalhei como professora universitária, além de possuírem sólida formação curricular para a área de imagem (várias Anatomias, várias Fisiologias, Biofísica, Bioquímica Química, Patologias etc etc), só recebem habilitação para trabalhar no área após curso de especialização reconhecido pelo CRBM-1ª Região. Desconheço, portanto, os biomédicos citados por você. Garanto que nenhum deles é meu ex-aluno. E fique à vontade para postar dúvidas, questões e conceitos com ou sem indignação. Esse é um espaço de livre manifestação.
    Bjos,
    Norma

  45. Eli says:

    Olá Drª Norma,

    Minha filha esta preste a prestar vestibular para Engenharia Química, no entanto, lendo sobre Biomedicina, percebemos muitas oportunidades. Nos pareceu que são áreas que se completam, para quem gosta de química, porém, com um mercado de trabalho bem mais promissor. A senhora poderia escrever um email dando maiores orientações a ela? sobre o curso de Biomedicina. Desde já Grata
    resposta para o email: zanotto_8795@hotmail.com,
    ——————————————————————————————————————————
    Prezada Senhora Zanotto,
    Embora todas as engenharias sejam profissões em alta no mercado de trabalho e extremamente necessárias para o desenvolvimento de nosso país, não podemos nos esquecer que a área da saúde ainda é crítica para os brasileiros. Portanto, como educadora não posso deixar de incentivar a formação de engenheiros e de outros profissionais. Mas, como educadora biomédica e pesquisadora, mesmo sem querer, acabo puxando “a sardinha” para o nosso lado… rsrsrs… Na verdade, como a senhora refere as áreas se complementam. Essa visão da interdisciplinaridade procuramos sempre passar para nossos alunos e uma de nossas funções aqui é ensiná-los a trabalhar em equipes multidisciplinares e multiprofissionais. A Biomedicina nada mais é que o estudo aprofundado da Biologia Humana no ser saudável e no ser doente. Como a Química e suas derivações (Bioquímica, Biofísica, Fisiologia, Biologia Molecular e várias outras áreas do conhecimento) são a base de nossa existência como organismos vivos, é claro que em diversos momentos teremos inter-relações entre Engenharia Química e Biomedicina. Já pensou se sua filha se interessar por ser uma pesquisadora da área de sinalização entre células (nossas células “conversam” entre si por emissão de sinais químicos, elétricos, moleculares etc)? A sinalização celular é uma das “Top 10” quando se pensa em pesquisa avançada… Vamos imaginar que ela queira estudar uma doença neurodegenerativa como Alzheimer. Necessitará saber muito sobre a biologia humana, relacionada ao encéfalo, e saber também sobre substâncias químicas que provavelmente deixaram de atuar nesse organismo doente.
    Bem, para não me estender muito, fico à disposição para responder perguntas mais específicas de sua filha. Sugiro que ela acesse nossa página (WWW.uniararas.br > cursos de graduação > saúde > Biomedicina). A partir de nossa página (ao final), ela poderá acessar nosso blog e ver todos os posts. Há muita informação por lá.
    Bjos,

  46. Olá Dra. Norma, sou estudante do 1º ano de Biomedicina (FHO Uniararas) e estou apaixonada pelo curso, acho que não é apenas o salário que você irá ganhar que leva a escolha do curso, não que não seje importante, mas o que realmente conta é a paixão por aquilo que você irá fazer pelo resto da vida.

    Att.
    Pamela
    ———————————————————————————————————————–
    Olá, Pamela!
    É muito bom ver nossos alunos participando do blog. Adorei sua mensagem! Pois é, salário é consequência de trabalho bem feito. Sem dúvida, é bom ganhar bem, como eu ganho… rsrsrs… Mas, o mais importante para mim é olhar para trás, ver que minha paixão pela profissão continua inalterada, passar em revista todo o trabalho que realizei e as centenas de pessoas que formei em quase 45 anos como biomédica… Sentir a emoção ímpar que estou sentindo hoje ao ver alunos de 1º e de 2º anos apresentarem banners científicos com propriedade e clareza de raciocínio, ver alunos de 3º e 4º anos julgando os trabalhos dos primeiros… Saber que o corpo docente de nosso curso é capaz de vibrar na mesma sintonia que a minha pelo que vocês são capazes de fazer… Saber que estamos dando o melhor de nós para que vocês saiam daqui com a melhor formação possível… Estudar o que gosta, exercer a profissão com paixão, sair bem formado para o mercado! Tenho certeza que você, Pamela, e outros biomédicos serão futuramente recompensados, como consequência por essa atitude e por essa paixão de fazer bem feito! Eu fui…
    Bjos,

  47. Rainne says:

    Olá Dra. Norma, estava procurando a respeito do salário de um biomédico para me informar mais sobre tal profissão e vi que não consegui resultados ao procurar os salários em outros lugares para comparar com o do Brasil. A senhora sabe me informar mais ou menos um biomédico ganha em lugares como Canadá ou Alemanha? Fico grata e parabéns pelo blog!
    —————————————————————————————————————————-
    Olá, Rainne!
    O blog “pifou”. Desculpe-me pela demora.
    Talvez seja difícil mesmo encontrar salários de biomédicos na Europa e no Canadá. Cursos de Biomedicina com formato semelhante ao nosso começaram recentemente na Europa e, que eu saiba, não existem ainda no Canadá. Na verdade, na Europa e na América do Norte, somos considerados biólogos entendedores da Biologia Humana (aliás, é o que somos!) Biólogos humanos que conhecem mais e melhor a biologia humana na saúde e na doença. Por isso, quando foi para se escolher em definitivo o nome do curso que começou como Ciências Biológicas – Modalidade Médica (sou da primeira turma formada no Brasil) fui voto vencido. Não queria Biomedicina e sim Biologia Humana! Bem, voltando a sua pergunta: que tal pesquisar o salário médio dos biólogos no Canadá e na Alemanha? Não sei quanto é! Depois, você escreve de novo e conta pra mim e para outros interessados OK?
    Bjos,

  48. Ramon Rios says:

    Bom Dia !!!
    Adoreei o blog, suuper interessante mesmo !!!
    Gostaria de saber se existe um meio de especialização após o curso de Biomedicina para o ramo de Anatomia. É realmente a parte que me interessa, então gostariade saber se existe essa graduação. Fui informado que trata-se apenas de uma disciplina, não podendo me aprofundar mais. Beijão Doutora Norma !!!
    ——————————————————————————————————————————-
    Olá, Ramon!
    Ficamos fora do ar! Desculpe-me!
    Obrigada por gostar do blog!
    Muito pertinente sua pergunta. Não existe um curso de graduação específico em Anatomia. Mas, se você fizer Biomedicina ou Medicina Humana poderá ser anatomista humano. Se desejar Anatomia Veterinária deverá cursar Medicina Veterinária. Nosso curso de Biomedicina da FHO/UNIARARAS possui três diferentes disciplinas na área de Anatomia (Anatomia Sistêmica, Neuroanatomia e Anatomia Topográfica e Radiológica), além de oferecer um dos estágios de final de curso em nosso Laboratório de Anatomia, com supervisão de nossos professores de Anatomia que são biomédicos. Como eles conseguiram ser biomédicos e anatomistas humanos? Cursando Biomedicina (são ex-alunos da casa) e, em seguida, fazendo mestrado e doutorado em Anatomia. Bem, antes que me esqueça, quero esclarecer algo em relação aos nossos estágios obrigatórios: cada aluno tem direito a realizar dois estágios em duas áreas diferentes. Dessa forma, se você quiser fazer um dos estágios em Anatomia, poderá fazer OK? Atualmente, além da área de Análises Clínicas que incentivamos a fazer (não para ser Analista Clínico se não quiser, mas porque é formada de várias subáreas importantes (Bioquímica, Microbiologia, Parasitologia, Imunologia, Hormonologia etc), temos alunos realizando estágios em Fisiologia, Biologia Molecular, Genética, Anatomia, Nanotecnologia, Farmacologia etc. Então, aqui, você não ficará apenas com as três disciplinas da área de Anatomia; poderá usar cerca de 600 horas para realizar um estágio específico em Anatomia, durante a graduação. Partirá para a pós-graduação (mestrado e doutorado) com uma bagagem anatômica considerável. Lembro, por ultimo que muitos anatomistas de várias universidades (USP, Unicamp, UNESP e outras) são biomédicos que trilharam caminhos parecidos com nossos professores da FHO/UNIARARAS.
    Bjos,

  49. Olá Dr. Norma!
    Tenho 17 anos de idade e tenho muita vontade de ser um cientista. Meu objetivo é me graduar em Biomedicina, fazer um mestrado e um doutorado em genética e, muito provavelmente, uma segunda pós em biotecnologia. Sonho em realizar grandes pesquisas científicas nesses ramos e, se Deus quiser, trabalhar no exterior. Gostaria de saber se meu raciocínio está correto e se nas aulas práticas de biomedicina, o aluno lida com cadáveres, etc. Obrigado!
    —————————————————————————————————————————–
    Olá, dear!

    Sorry! Tivemos problemas com o blog…
    Adorei saber que você está sonhando um sonho parecido com o meu, em 1965! Queria ser cientista e professora universitária. Realizei ambos! Com sua determinação, você realizará o seu também! Nosso curso de Biomedicina aqui, da FHO/UNIARARAS, tem formado vários cientistas. Muitos deles estão no exterior fazendo doutorado ou pós-doc. É um orgulho! Venha fazer Biomedicina com a gente! Os alunos que gostam de pesquisa podem iniciar o programa de iniciação científica ao final do 1º ano. E temos alunos fazendo graduação sanduíche no exterior (um ou dois semestres letivos) pelo Programa Ciência sem Fronteiras. Então, meu caro, comece a transformar seu sonho em realidade!
    Em relação às aulas práticas: mais de 50% do curso é feito de aulas práticas. Além das aulas práticas das disciplinas específicas do curso, oferecemos três módulos obrigatórios denominados “Vivências Laboratoriais”, 100% realizados em laboratórios, para aumentar o contato dos alunos com o cotidiano laboratorial. Em relação às práticas com cadáveres: com profundo respeito aos indivíduos mortos, nossas aulas práticas de Anatomia Sistêmica, Neuroanatomia e Anatomia Topográfica e Radiológica são ministradas usando cadáveres.
    Bjos,

  50. Olá,Dra Norma ! Estou no 3 ano do ensino médio,portanto estou num momento de decisão. Me interessei muito pelo curso de Biomedicina. Resido em Fortaleza/CE,e sinto que aqui tem uma carência muito grande em relação a este curso. Infelizmente só tem 2 faculdades que ofereçam esse curso aqui,as duas são particulares e me parece que apenas uma é reconhecida pelo MEC. Estou muito indecisa sobre fazer esse curso,pois não sei se vai valer á pena pagar caro para fazer um brilhante curso que é a Biomedicina,mas a estrutura da faculdade não ser tão boa assim. A minha vocação é a área de saúde e não pretendo desistir de fazer esse curso,mas tenho medo de acabar me desestimulando por causa da estrutura da faculdade. Queria a sua opinião,como Biomédica (sobre a estrutura do curso) e tambem a sua opinião pessoal. Desde já agradeço, um abraço.
    ——————————————————————————————————————————-
    Olá, Manu!

    O blog teve uns probleminhas. Desculpe-me pela demora.
    Não conheço os cursos de Biomedicina do Ceará. Mesmo que conhecesse, não seria ético falar sobre esses cursos. O que posso fazer é: A) Instigar você a conhecer o curso de Biomedicina na FHO/UNIARARAS (Araras, S.P.) Nosso curso é excelente, temos colocado vários alunos em diferentes áreas do mercado de trabalho, temos ex-alunos realizando doutorado no Brasil e no exterior, outros realizando um semestre da graduação no exterior também (Programa Ciências sem Fronteiras do governo federal), oferecemos dois diferentes estágios curriculares (aluno deixa o curso com duas habilitações profissionais), temos o curso integral em 4 anos e o curso noturno em 5 anos. Acesse nosso site (WWW.uniararas.br > cursos de graduação > saúde > Biomedicina) e terá outra valiosas informações, como nossa matriz curricular para o integral e o noturno. Se quiser, compare com as matrizes das Faculdades cearenses. B) Dizer que estudar a Biologia Humana de forma aprofundada como fazemos aqui é algo extremamente estimulante. Lindo! Maravilhoso! Se fez ENEM e quiser vir para cá, será muito bem-vinda!
    Bjos,

Deixe um comentário